sexta-feira, 5 de março de 2010

Foi retirado algures por ai este comentario a verdade custa a engolir

Por cá passei e como dizem ” isto é um post de opinião”…
_E infelizmente passei mas não poisei, a minha mente assim como eu, desde o dia 12.01.1984 tem vindo a crescer, digamos a tentar acompanhar aquela coisa a que alguns chamam de “futuro” ou “evolução”e ao longo destes anos pelos relatos do meu pai e alguns amigos pescadores ” antigamente é que era”…, trutas ao metro… pois hoje deparamo-nos com uma realidade bem diferente pelo menos aqueles que forem pescadores não importe a RAÇA, e com pelo menos um olho vêem e todos os dias que devido sempre a pressão humana o que parece muito é bem pouco, e elas estão se indo … não sou nem mais nem menos que qualquer um, mas pelo menos tento usar os neurónios, só não percebe quem não quer, lã atrás no passado… “ ai no meu tempo” 60, 70 anos, QUANTOS ERAMOS, QUANTOS SOMOS? Se aqui adicionar todas as asneiras e injustiças que o homem tem vindo a cometer, meus amigos cultura + tradição+ incompreensão = (não sei a resposta Sr. professor) não me cheira que seja futuro ou neurónios…. O meu carro já tem motor, mas já não anda a gasolina, anda a gpl, ” UPS” e pá hoje trouxe do rio esta truta, “UPS” já o não fazia a anos, hoje uso um carreto Michelin, “UPS”, na França as carpas com mais de 5 kg vão para a água, “ UPS” em Itália a maioria das trutas são sempre devolvidas, “ UPS” nos E.U.A a pesca ao achigã move milhões de dólares, “UPS” na Argentina as trutas parecem extra terrestres “ UPS”
Meus amigos contra factos não ao argumentos … só pensamentos
Já alguém dizia.
Um abraço a todos os amantes da pesca pelo seu simples prazer.
E já agora não há crise, mas há o pai natal…!

1 comentário:

  1. Boas Amigo
    Belíssima reflexão.
    Pena é que difícil seja mudar mentalidades.
    A ganância e a avareza ainda reinam nas cabeças de muitos que se dizem grandes pescadores.... porque matam muito peixe.
    Abraço
    Artur Oliveira

    ResponderEliminar